Seguidores

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Se eu fosse chave para os problemas
Destrancava as trancas dos desejos
E abria portas com mãos de fadas.
Abri-as e depois entrava
Ficando residente em todas as casas
E proprietária de divinas graças.
Se eu fosse chave para os problemas
Acariciava rostos de tristezas
E aliviava dores inquietas.
Daria ao sofrimento chaves mestras
Que abrissem todo o tipo de glórias
E entrassem numa Era de alegrias.
Se eu fosse chave para os problemas
Fazia da justiça porta sagrada
E da bondade porta-chaves das almas.
E o mundo cantaria coros de harmonia
Os homens dariam as mãos sem ironia
E a paz interior se exteriorizaria.

Carla Costeira