Seguidores

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Pelas poesias que vi,
Pelos sonhos que sonhei,
Pelas coisas que curti,
Pelos homens que amei.

Pelo que dei e perdi,
Por ti e por quem nem sei,
Por tudo até agoraqui,
O que sofri e cantei.

Pelo sim e pelo não,
A vida não é em vão!

                                        Cairo de Assis (com adaptações)