Seguidores

segunda-feira, 10 de abril de 2017

BUSCO O AMOR

Busco o amor de forma amena...
Plena...
Onde a calmaria reina...
Suavidade nos tratos,
Serenidade no olhar...
Cumplicidade!...

Busco o amor que enleva. Fascina.
Não o que prende, domina!...
Quero o amor que floresce...
Germina...
Não o doentio que cala, termina!...

Busco amar de forma doce,
Pois o amor tem o aroma da baunilha silvestre...
Busco amar perfumando
Pois nele há o gérmen das flores
Que necessitam de um campo imaculado...

Um simples coração apaixonado!

Enemércio de Moura Silveira –